Conheça 12 Cânions do Rio Grande do Sul
Cãnions

Que bom vê-lo por aqui, caro visitante! Você deve estar atrás de Cânions para explorar no Rio Grande do Sul, não é? Parabéns, você é uma pessoa curiosa e não quer viver de mesmice e visitar somente os populares.

Temos alguns CÂNIONS misteriosos, secretos e nada convencionais, para compartilha com você.

1 – CÂNION BOA VISTA

Este é um Cânion localizado em São José dos Ausentes/RS, um município que é pouco frequentado ainda, mas que é a Terra dos Cânions.

Por lá, você visita diversos cânions, explora cachoeiras, faz trilhas, anda em coxilhas.

O Cânion Boa Vista faz parte de propriedades particulares, e para você visitá-lo, paga-se uma taxa de acesso.

Pode ser via Pousada Ecológica dos Cânions ou Fazenda do Pontão, ambas são propriedades particulares, possuem camping, e cobram para este acesso.

2 – CÂNION AMOLA FACA

O Cânion Amola Faca, ou também chamado de Cânion da Encerra, fica também próximo ao Boa Vista. O acesso é basicamente pela mesma estrada. Faz parte de propriedade particular, mas ainda não está muito bem estrutura a sua cobrança para acesso, isto é, alguns pagam, outros não.

O acesso a este cânion é pela estrada que passa pela Fazenda do Pontão, e há um local para deixar o seu veículo.

Não vá de carro até a borda do Cânion, seja consciente e preserve a natureza e o solo do local.

3 – CÂNION MONTENEGRO

Este é o pico mais alto do Rio Grande do Sul, possui 1.403 metros acima do nível do mar. Para quem vai de carro, é preciso deixar o veículo antes de uma cancela que indica o início da trilha até o cânion. A caminhada que segue, contudo, é tranquila: uma trilha de cerca de um quilômetro de campo e algumas pedras

 

São 700 metros de profundidade e quatro quilômetros de extensão, sendo possível caminhar pela borda e observar os paredões por diferentes ângulos, que revelam paisagens de tirar o fôlego. Um lugar que emana a energia positiva da natureza intocada (o que faz agradecer até a ausência de um mirante ou qualquer outra interferência). Ao lado do cânion, o pico do Monte Negro é uma elevação de 80 metros de altura, que pode ser acessada por uma trilha em meio à floresta de musgos. Do topo é possível enxergar Torres, no litoral gaúcho.

4 – CÂNION ÍNDIOS COROADOS

O Cânion fica em Cambará do Sul/RS, mas pouco explorado ainda, comparado ao Fortaleza e Itaimbezinho.

O acesso é tranquilo, chega-se bem próximo de carro, no entanto, a estrada não é a das melhores, até o momento.

O acesso é livre, isto é, não precisa de autorização, nem pagamento de taxas. Por conta disso, também não há lixeiras ou infraestrutura para visitantes e turistas.

Mesmo assim, é um ótimo lugar para estar em sua lista.

5 – CÂNION MALACARA

O Cânion Malacara é mais conhecido, por que há uma trilha bastante famosa em Praia Grande, chamada Trilha do Malacara.

Mas são lugares diferentes! A trilha do malacara faz a parte baixa, o rio em que corre por meio do cânion. Diferente do topo do cânion, em que possui uma visão incrível e pertencente ao Rio Grande do Sul.

O Acesso a ele não é muito fácil, mas é possível se você é um aventureiro raiz ou que tenha uma 4×4.

6 – CÂNION TAJUVAS

Este, por sua vez, já é um cânion pouco conhecido, e também pouco visitado. Fica localizado em Morrinhos do Sul/RS, próximo ao litoral norte. Para acessá-lo, é necessário subir a Trilha dos Tropeiros, com percurso de cerca de 5 km, aproximadamente 3 horas de subida.

Não é um local para qualquer pessoa ou turista, neste, você precisa ter um bom preparo físico e gostar de um desafio.

A visão dele é diferente dos demais, você tem visão ampla dos municípios do litoral norte e também do mar, quando se tem boa visibilidade.

Dia 16/08 teremos este roteiro, com saída de Porto Alegre/RS. Fique ligado, em breve mais informações e reservas.

7 – CÂNION PEDRAS BRANCAS

Localizado em Três Forquilhas/RS, próximo a rota do sol. Tem várias rotas para chegar até ele, mas a forma mais comum, é via Estrada do Josafaz. Uma estrada para veículos 4×4, com cerca de 30km de percurso.

Há também meios de chegar por trilha, subindo por Três Forquilhas ou também por Morrinhos do Sul/RS. Mas não recomendados, caso você não seja um praticante de Trekking.

Leia mais AQUI

8 – CÂNION PALANQUINHOS

Este é um cânion menor, cerca de 50 metros apenas. Mas que é bastante selvagem e inusidade.

O Cânion Palanquinhos fica localizado no distrito de Criuva, em Caxias do Sul/RS.

O seu acesso é tranquilo, com qualquer automóvel. Também não há necessidade de autorização ou taxa para acesso.

Um lugar onde é praticado canionismo (travessia completa por dentro do cânion com técnicas verticais).

9 – CÂNION DO CHURRIADO

Localizado em Cambará do Sul/RS, porém de difícil acesso. Não é um ponto turístico devido a não haver boa acessibilidade de veículos.

Para quem é praticante de trekking e pretende realizar a travessia completa dos cânions, irá passar por este cânion, logo após o Malacara.

9 – CÂNION FORTALEZA

O famosinho de Cambará do Sul/RS, fica dentro do Parque Nacional Aparados da Serra, e é muito visitado, seja por turistas locais, seja por gaúchos, seja por pessoas que vem de outros estados.

Possui uma visão incrível de outros cânions e também é lá que fica a grandiosa Cachoeira do Tigre Preto.

Há diversos posts no Google, para você que ainda não conhece este cânion.

10 – CÂNION ITAIMBEZINHO

Também muito famoso em Cambará do Sul/RS. É o Cânion gaúcho com maior infraestrutura, possui Sede, lixeiras, banheiros, placas indicativas e trilhas bem demarcadas.

É também muito visitado, mas também já batido para pessoas que gostam de trilhas e aventuras.

11 – CÂNION PINHEIRINHO

É um Cânion de difícil acesso, localizado em Cambará do Sul/RS. É geralmente acesso por quem vai se hospedar na Fazenda Santana. Nesta propriedade é ofertado um passeio à cavalo, que é conduzido até o Cânion.

Também fica próximo a Cachoeira dos Velhos, outro local pouco conhecido em Cambará.

12 – CÂNION DA PEDRA

Localizado também em Cambará do Sul/RS, o Cânions da Pedra não é um local turístico, nem divulgado.

Caso você queira conhecê-lo, há uma estrela de chão que leva até ele, onde haverá uma placa indicativa logo na chegada. Há também uma cachoeira para visitação.

Este artigo não é um guia sobre cada cânion, é apenas um resumo os possíveis cânions para você visitar. Sugerimos que pesquisa a fundo no Google, sobre o Cânion que será a sua próxima aventura!

Espero que tenha gostado e fique ligado no nosso perfil do Instagram: @vivalastrips

Sobre o Autor

client-photo-1
Mateus Griszewski
Muito prazer! Sou guia de turismo, especializado no segmento de atrativos naturais (ecoturismo) e responsável pela agência Viva Las Trips - Turismo & Aventura. Apaixonado por trilhas e cachoeiras, praticante de trekking e acampamentos. Transformei um hobbie, em uma profissão, e com isso, ajudo e incentivo as pessoas a saírem da rotina e viverem mais, viajando e explorando lugares aqui pelo Rio Grande do Sul. Talvez você que esteja lendo, não tenha ainda o hábito de viajar com frequência, nem de fazer trilhas e viver no "mato", mas uma coisa eu lhe digo: quando mudamos o cenário, TUDO muda em nossa vida.

Comentários

Deixe uma resposta