6 Vantagens de se viajar com um Guia de Turismo

O ato de viajar cada vez mais vem tornado melhor a vida das pessoas, isso por que há muitos benefícios, seja para você conhecer um lugar novo, seja para apenas sair da rotina e relaxar. Hoje, vamos te dizer as vantagens de se viajar acompanhado de um guia de turismo, profissional responsável pela condução em atrativos turísticos.

6 VANTAGENS DE VIAJAR COM UM GUIA DE TURISMO

1 - Comodidade

Um guia de turismo está ligado diretamente a uma agência de turismo. Quando você contrata um pacote de uma agência, está escolhendo um serviço que lhe supere as expectativas e que lhe conduza aos atrativos turísticos.

O guia de turismo por sua vez, tem a função de lhe dar todo o suporte na viagem, seja lhe oferecendo uma água, seja lhe mostrando qual o melhor caminho a se seguir. Também lhe passa informações referente ao local visitado e geralmente fará de tudo para que você tenha a melhor experiência da sua viagem.

Quando você opta por um serviço de guiamento, você se preocupa em curtir, enquanto o guia ou a agência, se preocupa com todo o resto.

2 - Maximização do tempo

Viajar com um guia de turismo lhe proporciona além comodidade,  uma economia de tempo.

Você já deve ter ido viajar e ter colocado o destino no GPS, achano que seria tão fácil, porém, eventualmente, você se perde. Isso é bastante normal em municípios do interior. O problema é a perda de tempo quando se erra a rota, tendo que fazer uma volta maior ou até mesmo ter que voltar todo o percurso percorrido em vão.

Outro ponto, é o acesso aos atrativos: se for uma trilha, geralmente há bifurcações dentro da mata, ou então a entrada da trilha não é tão óbvia quanto parece. Nesses casos, o guia já conhece o lugar previamente, fazendo com que você pegue de primeira o melhor caminho e maximizando assim o seu tempo para você curtir mais o seu dia.

3 - Experiência

Importantíssimo o guia escolhido ser experiente, sabendo lidar com as mais diversas situações. Quando se viaja em grupo, poderão ocorrer conflitos entre passageiros e é nessa hora que o guia deve agir para deixar o ambiente mais leve e agradável.

Quando o assunto é ecoturismo, ou turismo de aventura, é imprescindível que o guia tenha experiência com trilhas e caminhadas em ambientes naturais, isso por que ele vai lhe auxiliar nos pontos mais críticos da trilha – aqueles que são ingrimes e que não há corda ou cabo de aço – e vai lhe passar instruções para onde ir, tempo e distância o trecho,  o que levar para o local. O guia deve ter também noção de quem são os passageiros com maior habilidade em trilhas e os que não possuem tanta habilitada assim, pois terá que ficar alguém no final para que ninguém se perca ou que se distancie do grupo.

4 - Companhia e suporte

Nada contra você turistar por conta própria, mas muita gente não possui meios de se deslocar até os lugares. Muitas viagens de ecoturismo, por exemplo, são em cidades do interior, e as estradas não são tão boas assim, muitos buracos e pedras, podendo até prejudicar o seu veículo. Aí que entra o transporte de fretamento, isto é, veículos alugados por meio da agência ou do guia.

Nem todo mundo possui companhia para viajar, e você optando por viajar em grupo, você se sente mais segurança, é mais divertido, e também faz novos amigos.  As trocas de experiências são sempre muito ricas quando se viaja com excursão ou com uma guia comunicativo.

O guia está ali para dar suporte a todo o grupo, seja fisicamente, seja psicologicamente, caso você tenha algum receio ou medo em alguma parte do percurso.

5 - Valores acessíveis e qualidade garantida

Quando se escolhe viajar com um profissional da área, você tem a certeza que a viagem será melhor do que se estivesse sozinho, pensando em todos os  detalhes e sem suporte. Se você viajar por uma agência, possivelmente esta agência irá designar um guia que já atua no setor e com experiência e que seja proativo, gentil e tenha uma boa comunicação.

Se este profissional estiver vinculado a um pacote , isto é, incluso, ele também se torna mais acessível, pois a sua diária é menor do que se você fosse contratá-lo de maneira direta, trazendo assim, uma economia para a sua viagem.

6 - Investimento

A contratação de um guia gerará um gasto a mais na sua viagem, não há dúvida, mas você precisa por na balança os ganhos e conforto que você terá ao estar acompanhado de alguém que conhece o lugar.

 

Sabe aquela frase: o barato, sai caro? pois é, pode acontecer com todo mundo. Quando se fala em passeios em cidades, em que há monumentos históricos, o guia irá explanar toda a história do local, falará sobre os detalhes das construções, irá conduzir você nos pontos que possuem maior relevância, dispensando os que não possuem.

Quando se trata de passeios na natureza, o guia vai lhe conduzir na trilha, sabendo o caminho certo a se pegar, irá dar suporte às pessoas, já que algumas trilhas são bastante perigosas e escorregadias, também citando que é papel do guia ter conhecimento básico em primeiro socorros, além de ter também um kit para possíveis problemas (ferimentos, torções, traumas, perfurações).  Todo guia especializado em natureza, deve ter meios de resgate em água e também o mapa do lugar, de maneira offline, para possíveis problemas.  O guia geralmente sabe onde é possível ir com segurança e onde não há segurança, podendo ocorrer acidentes em áreas remotas.

Lembrando que viajar sem um guia é totalmente possível, mas se você puder, prefira contatar este profissional para lhe acompanhar nas suas viagens e indiadas. Você certamente não se arrependerá.

Sobre o Autor

client-photo-1
Mateus Griszewski
Muito prazer! Sou guia de turismo, especializado no segmento de atrativos naturais (ecoturismo) e responsável pela agência Viva Las Trips - Turismo & Aventura. Apaixonado por trilhas e cachoeiras, praticante de trekking e acampamentos. Transformei um hobbie, em uma profissão, e com isso, ajudo e incentivo as pessoas a saírem da rotina e viverem mais, viajando e explorando lugares aqui pelo Rio Grande do Sul. Talvez você que esteja lendo, não tenha ainda o hábito de viajar com frequência, nem de fazer trilhas e viver no "mato", mas uma coisa eu lhe digo: quando mudamos o cenário, TUDO muda em nossa vida.

Comentários

Deixe uma resposta