Tênis ou bota? Qual o calçado ideal para trilhas.
tênis ou bota

Muitos aventureiros utilizam tênis para a realização de trilhas, outros utilizam a bota e o fato é que ambos tem suas vantagens e desvantagens

Características positivas e negativas do tênis

Pontos fortes: Todo mundo que ingressa no mundo das trilhas, acaba fazendo a sua primeira de tênis, em especial os de caminhada/corrida. Não há nada de errado com quem utiliza esse tipo de calçado, no entanto esse tipo de tênis tem um solado que não é propício para barrancos e pedras. Um tênis de caminhada e corrida tem o seu foco principal na capacidade de transpiração e esse ponto acaba sendo valioso para quem faz trilhas mais longas. Outro ponto positivo é que os tênis são extremamente leves, tendo o peso entre 300g a 400g, dependendo da numeração. Mais um ponto é que pelo fato de ser projetado para caminhadas e corridas, possui uma camada generosa de sola com um material muito macio para absorção do impacto.

Pontos Fracos: O tênis de maneira geral, possui um solado que desgasta fácil, e esse é a nossa primeira desvantagem, pois nas trilhas é necessário que o solado tenha aderência ao solo para evitar escorregar e até mesmo acabar empurrando o trilheiro que está na sua frente. Seu cano é curto, isso é prejudicial para ambientes desnivelados. Por ser de tela, a chance de rasgo acaba sendo grande e também é um ponto negativo caso você seja atacado por uma cobra. 

Pontos positivos e negativos da Bota

Pontos Positivos: Primeiramente devemos considerar que calçar uma bota é bem mais bonito do que um tênis. A bota te caracteriza como um trilheiro e que está equipado para os desafios que vem pela frente. Sua maior vantagem, sem dúvida, é ter uma sola resistente e com muitas ranhuras para a aderência ser perfeita e evitar acidentes ou tombos. Todas as botas possuem o solado com travas para reforçar essa segurança. Outro ponto é que o seu cano alto, protege seu tornozelo de futuras torções ou até mesmo quebrar caso ocorrer algum acidente ou alguma pedra que estava solta. Claro que o cano alto não vai evitar, mas vai dificultar bastante seu tornozelo torcer. As botas de couro Nobuk, dão maior segurança contra picadas de cobras.

Pontos negativos: De maneira geral, as botam tem o peso aproximado a 1kg e vai depender do material utilizado e do tamanho, comparado ao tênis é bastante a diferença de peso e isso poderá impactar em longos períodos de caminhadas e o problema ocorre quando você molha a bota, pois o peso aumenta ainda mais. Também podemos dizer que são equipamentos mais caros, quando se investe em uma boa bota, mas também existem gostos e valores para todo mundo. Por fim, a secagem da bota é bem mais demorada comparada ao tênis.

Considerações Finais

A conclusão de qual calçado é melhor, acaba sendo muito pessoal. Não há jeito, é necessário que você teste e veja com que tipo de calçado seu desempenho e bem-estar falam mais alto no ato da trilha. Acredito que para trilhas em mata fechada ou em leito de rio, sempre é melhor a utilização de uma bota. Mas também, há trilhas de nível fácil/médio que são bem estruturadas e com pouca duração, essas ficam geralmente dentro de parques e nessas ocasiões é tranquilo a utilização de um tênis de caminhada, isto é, nos casos em que não envolva grandes riscos.

Existem outros pontos que são importantes serem abordados a respeito da escolha de uma bota e quais as marcas recomendadas, mas esse conteúdo será escrito futuramente.

Deixo como sugestão de leitura este artigo que dará um maior entendimento e a explicação de pontos importantes na hora da escolha.

 

Sobre o Autor

client-photo-1
Mateus Griszewski
Sou um aventureiro gaúcho, de Porto Alegre/RS, que tem por objetivo compartilhar experiências, dicas e roteiros para que mais pessoas queiram viajar mais. Infelizmente nem todo mundo possui meios próprios ou não possuem companhia para uma aventura de final de semana, por isso também resolvi me tornar guia de turismo para além de incentivar as pessoas a conhecerem lindos lugares, também poder levá-las pessoalmente. Uma vez que você se permite conhecer esse estilo de vida, você nunca mais o abandonará. Aliás, a vida é muito curta para se viajar somente nas férias. Viaje com a gente! #invistaemvocê

Comentários

Deixe uma resposta