Maria Fumaça passará pela Ferrovia do Trigo e V13.
maria fumaça ferrovia do trigo

Você não leu errado, um trem Maria Fumaça Mallet , construído em 1920, passará pela Ferrovia do Trigo hoje, dia 29/11.  O projeto se chama “Nos Trilhos do Natal” e está sendo coordenado pela Associação Brasileira de Preservação Ferroviária (ABPF) e Rumo Logística juntamente com a Associação dos Municípios de Turismo da Região dos Vales (Amturvales).

Maria Fumaça na Ferrovia do Trigo

A locomotiva e seus vagões passarão pelas cidades do Vale do Taquari em pontos estratégicos, os vagões estarão iluminados em alusão à chegada do Natal. O projeto visa também comemorar  a construção da Ferrovia do Trigo  que neste ano de 2018 completou 40 anos de existência. O trem poderá  também ser visto do Viaduto V13.

A passagem do trem também acontecerá nos dias 01/12 e 12/12. A intenção é mobilizar os moradores da região a ver lindo trem natalino passando. Não somente isso, mas trata-se de um projeto piloto.

viaduto v13

Há muito se discute sobre a atual situação da Ferrovia do Trigo, que basicamente não recebe grandes manutenções e muito menos turistas, devido a proibição de pedestres sobre os trilhos, ocorrida em 2017.

A ideia é fazer com que o Trem Maria Fumaça opere na região, fomentando o turismo, igualmente já acontece na Maria Fumaça de Bento Gonçalves/RS, operada pela Giordano Turismo.

programação

29/11 (quinta-feira)

-17h | Muçum

-18h30min | V13 Vespasiano Corrêa

-20h | Guaporé

1º/12 (sábado)

-15h | Guaporé

-16h | Dois Lajeados

-16h40min – V13 Vespasiano Corrêa

-17h20min | Muçum

-18h | Roca Sales

-18h40min | Colinas

-20h30min | Estrela (em Linha Wolf – Distrito Costão)

-21h | Teutônia

-21h30min | Paverama

12/12 (quarta-feira)

-19h | Colinas

-19h40min | Roca Sales

-20h30min | Muçum

A Ferrovia do Trigo possuem lindos visuais, podendo ser difundido para muitas pessoas quando o projeto estiver vigente.

Ferrovia do Trigo

As negociações continuam andando e a previsão é que em 2019 tenhamos passeios turísticos de trem ao longo da Ferrovia do Trigo.

A Ferrovia é atualmente um local onde é praticado Trekking, send percorridos 52km de Guaporé/RS a Muçum/RS e vice-versa. Com a oficialização desse serviço turístico na região, provavelmente será intensificado a proibição de pedestres sobre os trilhos.

Ganho por um lado, perda por outro. Mas o que importa é que a grandiosa obra militar estará sendo utilizada e não abandonada.

Sobre o Autor

client-photo-1
Mateus Griszewski
Sou um aventureiro gaúcho, de Porto Alegre/RS, que tem por objetivo compartilhar experiências, dicas e roteiros para que mais pessoas queiram viajar mais. Percebo que muitas pessoas isolam-se cada vez mais nos seus smartphones e nas suas atividades do dia-a-dia. Por isso, também resolvi me tornar guia de turismo para além de incentivar as pessoas a conhecerem lindos lugares, também poder levá-las pessoalmente. Uma vez que você se permite conhecer esse estilo de vida, você nunca mais o abandonará. Aliás, a vida é muito curta para se viajar somente nas férias.

Comentários

Deixe uma resposta