Você não leu errado, um trem Maria Fumaça Mallet , construído em 1920, passará pela Ferrovia do Trigo hoje, dia 29/11.  O projeto se chama “Nos Trilhos do Natal” e está sendo coordenado pela Associação Brasileira de Preservação Ferroviária (ABPF) e Rumo Logística juntamente com a Associação dos Municípios de Turismo da Região dos Vales (Amturvales).

Maria Fumaça na Ferrovia do Trigo

A locomotiva e seus vagões passarão pelas cidades do Vale do Taquari em pontos estratégicos, os vagões estarão iluminados em alusão à chegada do Natal. O projeto visa também comemorar  a construção da Ferrovia do Trigo  que neste ano de 2018 completou 40 anos de existência. O trem poderá  também ser visto do Viaduto V13.

A passagem do trem também acontecerá nos dias 01/12 e 12/12. A intenção é mobilizar os moradores da região a ver lindo trem natalino passando. Não somente isso, mas trata-se de um projeto piloto.

viaduto v13

Há muito se discute sobre a atual situação da Ferrovia do Trigo, que basicamente não recebe grandes manutenções e muito menos turistas, devido a proibição de pedestres sobre os trilhos, ocorrida em 2017.

A ideia é fazer com que o Trem Maria Fumaça opere na região, fomentando o turismo, igualmente já acontece na Maria Fumaça de Bento Gonçalves/RS, operada pela Giordano Turismo.

programação

29/11 (quinta-feira)

-17h | Muçum

-18h30min | V13 Vespasiano Corrêa

-20h | Guaporé

1º/12 (sábado)

-15h | Guaporé

-16h | Dois Lajeados

-16h40min – V13 Vespasiano Corrêa

-17h20min | Muçum

-18h | Roca Sales

-18h40min | Colinas

-20h30min | Estrela (em Linha Wolf – Distrito Costão)

-21h | Teutônia

-21h30min | Paverama

12/12 (quarta-feira)

-19h | Colinas

-19h40min | Roca Sales

-20h30min | Muçum

A Ferrovia do Trigo possuem lindos visuais, podendo ser difundido para muitas pessoas quando o projeto estiver vigente.

Ferrovia do Trigo

As negociações continuam andando e a previsão é que em 2019 tenhamos passeios turísticos de trem ao longo da Ferrovia do Trigo.

A Ferrovia é atualmente um local onde é praticado Trekking, send percorridos 52km de Guaporé/RS a Muçum/RS e vice-versa. Com a oficialização desse serviço turístico na região, provavelmente será intensificado a proibição de pedestres sobre os trilhos.

Ganho por um lado, perda por outro. Mas o que importa é que a grandiosa obra militar estará sendo utilizada e não abandonada.

Viaduto V13, considerado o mais alto da América do Sul e 2º mais alto do mundo, fica localizado no município de Vespasiano Corrêa/ RS . Seus trilhos ligam a cidade de Muçum/RS, também conhecida como princesa das pontes, a Guaporé-RS.

Informações sobre o V13

Foi construído pelo 1º Batalhão Ferroviário do Exército Brasileiro durante a década de 70, sendo finalizado somente em 19 de agosto de 1978. O Viaduto possui 143 metros de altura e 509 metros de comprimento, a via férrea está ativa e circulam vagões todos os dias, no mínimo 1 vez ao dia, não tendo um horário específico.

O município de Vespasiano Corrêa, que é beneficiado pela grandiosidade dos túneis e pontes assim como a região que é envolvida pela ferrovia vem ocupando uma posição de destaque, a titulo de economia, turismo e lazer. A Ferrovia do Trigo é uma das mais belas ferrovias do Brasil, possuindo em sua extensão, que inicia em Roca Sales até Casca, sendo 32 túneis e 23 viadutos.

O trajeto para chegar ao Viaduto V13 pode ser feito de carro, de Porto Alegre até o V13 são 178 km, duração da viagem  de aproximadamente 2h e 45 minutos ou pode ser feito de excursão. Muitas empresas estão operando apenas na parte de baixo do viaduto, onde possui cascatas, o rio guaporé, a pedra da tartaruga e a vista de outro ângulo do viaduto.

Subida no Viaduto V13

Chegando no local, há uma estrada que sobe até o viaduto, sendo pela lateral esquerda, a subido a pé demora em torno de 15 minutos, vai depender do seu passo e das condições físicas de cada pessoa. Chegando ao topo, no lado esquerdo será possível ingressar no túnel que levará para o sentido de Guaporé, e indo para a direita, é o Viaduto V13.

Vale a pena ir em ambas direções, seguindo reto pelo viaduto V13, em direção à Muçum, você vai passar pelo V12, também é um viaduto, e chegar ao famoso Viaduto Vazado (V11), esse nome é dado devido a sua estrutura ser de ferro e não existir concreto no parte superior, isto é, você vê os buracos entre as madeiras. Para quem tem medo de altura, não é muito recomendado passar por cima, mas vale a pena andar por uns 2 a 3 metros e voltar para sentir como é a sensação. Existem moradores da região que atravessam quase que correndo esse viaduto, é inacreditável de se ver.

Voltando em direção ao viaduto V13 e passando por cima, entraremos em um túnel, percorrendo os trilhos por uns 2,5 km será possível conhecer a Cascata Subterrânea  – Garganta do Diabo.

 

Curiosidade: A denominação 13 tem sua origem no fato de ser o 13º de uma sequência de viadutos que se inicia no centro da cidade de Muçum.

Deixo também o site da Prefeitura de Vespasiano Corrêa com os atrativos da região: http://vespasianocorrears.com.br/atrativos-naturais

ATENÇÃO: No segundo semestre de 2017 a empresa Rumo (ALL) após ser multada pela ANTT reforçou a vigilância no local proibindo muitos visitantes de terem acesso aos trilhos, mas conforme entrevista ao prefeito de Vespesiano Corrêa , o acesso ao viaduto está liberado utilizando o bom-senso, a proibição foi com foco nas práticas de rapel que eram realizadas no local.  

Referência: https://www.informativo.com.br/geral/prefeito-portaluppi-diz-o-v13-nunca-esteve-interrompido-,231076.jhtml

Recomendo quem quiser ir conhecer, não ir com excursões, mas ir por conta própria com poucas pessoas ao viaduto v13, pois  caso haja alguma abordagem é mais fácil a argumentação.

Onde dormir: Sugiro o Camping Paraíso Tropical, o lugar conta com boa infraestrutura, ampla área para barracas, churrasqueiras, chuveiro quente e lancheria.

Como valores de diária podem sofrer reajustes, deve ser feito contato para verificar  a atual tarifa.

Telefone: (51) 99380-6216

Por fim, compartilho com vocês a melhor experiência que tive neste lugar, palavras não descrevem, assista ao vídeo abaixo e confira: